quarta-feira, 26 de novembro de 2008

Tristeza sem sentido.....


Aqui estou eu; numa aula de matemática, sem nada para fazer...Minha cadeira já não tem mais espaço entre os rabiscos e meu fichário já não tem mais folhas para serem desenhadas...

De repente sou pega de surpresa por uma tristeza que invade meu coração...Uma tristeza sem sentido nenhum...Diferente das outras que senti ao longo desse ano...Uma tristeza sem motivo claro....Olhei ao meu redor e vi todos meus colegas de classe rindo....Fazendo suas tarefas dificílimas(e mesmo assim rindo!!!)...Os garotos falando as besteiras de sempre...As garotas falando outras besteiras de sempre....

Naquele momento me senti uma estranha, um ser de outro mundo...Não consegui entender porque aquilo só estaria acontecendo comigo...Parecia que apenas eu tinha sido picada pelo mosquito da tristeza instantânea...Tentava entender porque eu era a única que insistia em não deixar uma lágrima sequer sair dos olhos...

Tentava compreender porque eu era a única condenada a viver nesse mundo de tristeza e choro sem fim...Mergulhada na minha própria depressão....

Dois minutos depois desses pensamentos sem sentido algum, ouço uma besteira no fundo da sala e respiro aliviada com um leve sorriso no rosto: Eu estava de volta! Mais tarde começo a dar mais uma das minhas crises de riso, só então percebi que tudo aquilo era besteira...Eu tenho uma família ótima, amigos que sempre estão comigo e professores excelentes...Independente de tudo isso eu sou uma pessoa feliz...

Tristeza é assim mesmo....Vem e volta....Boas e ruins elas nos ensinam....E eu percebi isso hoje...Até mesmo as coisas mais sem graças desse mundo devem nos fazer rir, (ou quase todas as coisas, porque algumas piadas são realmente horríveis!!!)...Dizem que rir é o melhor remédio, e se depender disso não vou ficar doente nunca!!!


P.S:Esse texto eu fiz a aula de matemética enquanto todos faziam suas tarefas...

P.S:Ficar triste às vezes também é bom, nos faz pensar na vida...


Amandinhah....

2 comentários:

Marcella *-* disse...

Amei seu post!!!
Então era isso que você tava fazendo...

Foi nesse dia que eu flei da Tia Renata?

Bjus

Liazinhá!! disse...

Já fiquei assim tbm. É superestranho. E para piorar a estranhice: eu chorei. Pois é. Nunca entendi o porquê daquele choro sem motivo nenhum.
.abraços.